0800 773 6099
24 horas por dia, todos os dias do ano

Faturas Online Serviços Online
24/10
Saiu na Mídia

GasBrasiliano pretende recuperar 20% do consumo até 2022

A GasBrasiliano pretende recuperar até 2022 o patamar de consumo superior a 1 milhão de m³/dia de gás, que era observado até 2014, segundo o presidente da empresa, Walter Fernando Piazza Junior, à Brasil Energia. A companhia busca ancorar no segmento industrial a sua expansão no interior do estado de São Paulo, levando o gás para pólos econômicos de Catanduva, Sertãozinho e Jaú. Consequentemente, a empresa também irá expandir sua base de clientes nos segmentos residencial e comercial.

Nos próximos cinco anos, a distribuidora pretende investir cerca de R$ 250 milhões que inclui a meta de alcançar 50 mil novos clientes. Piazza explicou que esse pode ser considerado um número ambicioso, já que os municípios atendidos têm, em média, de 200 mil a 300 mil habitantes. Ele acrescentou que nos últimos seis anos a companhia fez um levantamento de sua área de concessão e observou que há potencial para desenvolvimento do gás nessas cidades, principalmente nos polos de produção econômica, com aplicação nas diferentes operações.

Crise
Piazza comentou ainda que a crise que atingiu o país após 2014, derrubou também o patamar de consumo da distribuidora. Ele ressaltou que até aquele ano, a média de demanda era de 1 milhão de m³/dia, reduzida para algo em torno de 800 mil m³/dia atualmente. Com o plano de expansão, espera recuperar até 2022 esse patamar e conseguir atingir ainda um crescimento de mais 10% com relação ao nível atual.

“A empresa teve uma redução no volume em função da recessão econômica. Mas tendemos a recuperar os 20% que perdemos e ainda ter o acrésimo de 10%”, disse.

Para 2018, a empresa focará no desenvolvimento do mercado urbano de Bauru, que receberá recursos de R$ 5 milhões. Atualmente, a cidade conta com 33 km de rede, com 36 consumidores, sendo sete indústrias, 27 estabelecimentos comerciais e dois postos revendedores de gás natural veicular (GNV). Com esse aporte, a companhia projeta construir mais 16 km de rede e atender pelo menos 7 mil novos consumidores.


Fonte: Brasil Energia Online